Home / Notícias Rápidas / Contrato de namoro para namorada é difícil
contrato de namoro para namorada

Contrato de namoro para namorada é difícil

Já ouviu falar em contrato de namoro para namorada? Essa é uma das novas tendências do mundo moderno. E se você pensa que isso é algo estranho ou peculiar, saiba que milhares de pessoas estão fazendo esse contrato para garantir uma relação mais segura.

Pensando nisso, separamos nesse guia completo algumas informações sobre o contrato de namoro para namorada. Descubra o que é esse contrato, como ele pode ser feito, o que ele significa e se é difícil de fazer – e de convencer a sua namorada a assinar.

O que é o contrato de namoro

Antes de mais nada, é importante conceituar o contrato de namoro. Afinal de contas, o que significa isso? Um contrato você já sabe, é um acordo formal realizado entre duas ou mais pessoas, com regras a serem seguidas.

Um contrato geralmente estabelece direitos e deveres, além de poder mencionar penalidades. Ou seja, caso uma das partes viole o acordo, uma pena é aplicada, como uma multa por exemplo.

O contrato de namoro para namorada segue mais ou menos a mesma estrutura básica. Ou seja, um contrato de relacionamento é um documento que é escrito e assinado por duas pessoas. Esse documento serve para formalizar o namoro.

O casamento é uma união entre pessoas que é formalizado por natureza. Porém, o mesmo não acontece com o namoro. Não existe nenhum documento do governo ou da igreja que ateste que duas pessoas estão namorando sério.

Por isso muitos casais buscam por uma maneira de oficializar a relação e trazer mais segurança. Isso pode ser feito através de um contrato de namoro para namorada. Ele não tem força jurídica como o casamento, mas estabelece direitos e deveres entre os contratantes.

Benefícios do contrato de namoro para namorada

Mas será que o contrato de namoro é realmente vantajoso? O que ele proporciona para o casal? Separamos aqui alguns dos principais benefícios de realizar um contrato com a sua namorada. Você vai ver que esse documento pode ser realmente muito útil.

  1. Mais honestidade na relação

Muitos dos contratos sociais que construímos com as pessoas em nossas vidas são secretos – ou seja, nunca são explicitamente mencionados. Isso vale para o namoro, que é um contrato verbal e social.

Ou seja, quando você começa a namorar, muitas pessoas sabem do seu namoro. Os seus pais, os seus amigos, colegas de trabalho etc. No entanto, esse é um vínculo que permanece informal entre você e a sua namorada.

Nem sempre os casais conversam sobre tudo na relação. Por exemplo, vocês talvez não tenham conversado sobre a fidelidade.

É possível fazer uma suposição de que os dois estão de acordo com o relacionamento monogâmico, mas será que os dois realmente pensam assim? O contrato de namoro para namorada ajuda a trazer mais honestidade para a relação.

Com a elaboração do contrato de namoro para namorada, vocês poderão conversar sobre temas importantes, como a fidelidade, o desejo de constituir uma família, os cuidados que um terá com relação ao outro e muito mais.

Em outras palavras, é como se o contrato fosse uma forma de ajudar o casal a colocar todas as cartas na mesa logo no começo do relacionamento. Afinal de contas, ninguém vai assinar um contrato sem concordar com os seus termos.

Se um dos dois não estiverem de acordo sobre algo, isso ficará evidente logo no começo. E é muito melhor saber das coisas importantes agora do que se surpreender – e se arrepender – lá na frente.

  1. Consciência das necessidades do seu parceiro

Outra grande vantagem do contrato de namoro para namorada é que ele possibilita conhecer melhor a sua parceira e suas necessidades. Muitas pessoas, inclusive casadas, não conhecem quase nada do seu companheiro.

Isso é algo extremamente ruim, tendo em vista que em uma relação o ideal é que as pessoas se conheçam profundamente. Sem uma conversa verdadeira é praticamente impossível conhecer de verdade a sua namorada, o que ela gosta de fazer, quais são as suas crenças e vontades.

Por isso vale a pena sentar para debater os termos e regras do contrato de namoro. Durante esse momento vocês serão capazes de conhecer um ao outro de maneira profunda.

Logo, podemos dizer que o contrato de namoro para namorada não é nada difícil, mas sim extremamente útil. Ele vai te ajudar a ter uma relação mais íntima com a sua parceira.

  1. Comunicação

Sabia que a comunicação é uma das partes essenciais em um relacionamento, incluindo o namoro? Com o contrato de namoro a comunicação de vocês será muito melhor.

Na verdade, essa pode ser até mesmo uma estratégia para fazer com que a sua namorada perceba que o contrato é positivo. Ele estimula a comunicação entre as partes.

Imagine só, se vocês forem comunicativos durante a realização do contrato, a tendência é que continuem comunicativos após a sua realização.

Ao decidir mutuamente aceitar o contrato de namoro para namorada os dois se sentirão muito mais seguros para dialogar.

  1. Descubra as intenções do seu parceiro

O contrato de namoro para namorada permite aclarar muitas vontades e intenções das partes, das mais simples até as mais íntimas e complexas. Temas como sexo, dinheiro, filhos e religião podem ser debatidos durante a celebração do contrato.

Será que você sabe mesmo quais são as intenções da sua parceira? Ela deseja se casar futuramente ou continuar solteira, mas em uma relação? Será que ela quer ter filhos biológicos ou prefere adotar? Ou talvez prefira não ter filhos!

Existem muitos aspectos da relação que podem influenciar completamente o futuro do casal. Até mesmo temas mais íntimos, como quantas vezes por mês vocês desejam ter uma relação sexual, podem ser debatidos no contrato.

Quando fazer o contrato de namoro

Não existe um momento exato para pedir a sua namorada para assinar um contrato de namoro. Se você está namorando há cinco horas, cinco semanas ou cinco anos, é irrelevante.

Na verdade, nunca é tarde para elaborar um contrato de namoro entre você e sua parceira. Mas a dica é fazer isso o quanto antes possível, de forma a traçar um norte para o relacionamento.

Logo, na primeira oportunidade, converse com a sua namorada sobre a sua intenção de celebrar um contrato de namoro. Lembre-se de que um dos principais objetivos do contrato é a honestidade.

Por isso mesmo, você deve ser sincero sobre as suas intenções e fazer isso da melhor maneira possível. Pode ser que a sua namorada aceite tranquilamente. Mas pode ser que ela pense que você está inseguro com a relação.

Nesse sentido, é fundamental que você converse com ela sobre a importância do contrato de namoro para namorada. Demonstre todas as vantagens que esse contrato tem para a relação.

Assim ela vai se dar conta de que não se trata de insegurança, mas sim de um desejo de que a relação seja a melhor possível. Afinal de contas, quanto mais confiança, quanto mais honestidade e transparência, melhor para o casal.

O que deve estar em um contrato de namoro

Já conversou com a sua parceira sobre a importância do contrato de namoro para namorada? Então está na hora de debater os temas e cláusulas que estão presentes no documento.

Existe um número infinito de categorias de itens que você e sua parceira podem incluir no contrato de namoro. Algumas das coisas mais comuns que as pessoas priorizaram em seus contratos são:

  • Detalhes sobre a relação sexual, como a frequência em que isso irá acontecer, de que forma e em quais condições;
  • De que forma cada um dos namorados assumirá sua responsabilidade com relação a saúde, felicidade, progresso na carreira e lado emocional;
  • Detalhes sobre quanto tempo vocês passarão sozinhos, com amigos, familiares e conhecidos;
  • Detalhes sobre como os problemas e desentendimentos serão solucionados durante o namoro. Uma dica legal é incluir aqui regras como “nunca dormir sem resolver os problemas”.
  • Detalhes sobre o término, quando ele será possível e de que maneira os dois tomarão essa decisão;
  • Comprometimento para com a transparência e honestidade;
  • Detalhes sobre o compromisso de fidelidade;
  • Divisão das tarefas, principalmente para namorados que moram no mesmo espaço físico;
  • Regras sobre uso de redes sociais, aplicativos de amizade e relacionamento;
  • Regras sobre a vida financeira, quem pagará as contas, como será a divisão das obrigações financeiras.

Como você pode ver, existem muitos assuntos que podem ser debatidos no contrato de namoro para namorada. Mas será que é fácil fazer e conseguir que a sua namorada aceite esse contrato? É o que vamos ver agora.

É difícil fazer um contrato de namoro para a namorada?

Agora você pode estar pensando que o contrato de namoro é realmente interessante. No entanto, deve estar pensando também sobre como a sua namorada vai reagir ao escutar falar nesse assunto.

Geralmente as pessoas não gostam de contratos. Eles remetem a uma imagem muito formal, coisas que fazem apenas empresários e pessoas burocráticas. Mas a verdade é que o contrato de namoro não é nada burocrático.

Ele é bem moderno e não é nada difícil convencer alguém a fazer uso. Experimente conversar com a sua namorada com honestidade, com um diálogo sincero. Não fale sobre o assunto no elevador ou durante um lanchinho.

O mais recomendado é que você reserve algum tempo para discutir sobre o contrato de namoro para namorada com a sua parceira. Dessa forma você será capaz de abordar os principais aspectos e ter um diálogo mais honesto.

O contrato de namoro para namorada não é difícil. Ele é de fácil elaboração e não gera obrigações judiciais. Na verdade, ele funciona como um compromisso entre as partes.

Com o contrato, vocês saberão exatamente o que fazer e como fazer. Poderão compreender melhor um ao outro, em todos os seus detalhes mais profundos e íntimos. Por isso vale a pena fazer um contrato de namoro.

Revise o seu contrato de namoro regularmente

Aqui temos uma dica especial para você.  As pessoas mudam, os relacionamentos mudam e as prioridades mudam. O seu relacionamento também mudará com o tempo, as pessoas amadurecem, crescem, se reinventam.

Logo, é importante que o contrato de namoro para namorada também passe por alterações ao longo do tempo. Muitas das cláusulas e regras podem ser revistas.

Imagine por exemplo que vocês escolheram fazer a divisão das tarefas domésticas 50% para cada um. Mas agora a sua namorada trabalha fora e você passa a maior parte do tempo em casa. Pode ser interessante mudar essa divisão das tarefas.

A recomendação é rever o contrato a cada 3 a 12 meses. Claro, esse intervalo vai depender muito do relacionamento de vocês e da forma como ele está sendo gerido. Se você sentir que nada precisa mudar, mantenha os termos como estão.

Como você pode ver, o contrato de namoro para namorada é muito importante. Converse com a sua parceira sobre a possibilidade de ter um contrato agora mesmo.

Sobre Valter

Veja também

alienação parental

Alienação parental: entenda o que é

Alienação parental: entenda o que é Um dos temas mais comentados do momento é alienação …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Ficou com alguma dúvida?

Temos advogados prontos para te atender

Deseja conversar com um advogado?

Ficou com alguma dúvida?

Temos advogados prontos para te atender

Deseja conversar com um advogado?