You are currently viewing Crise no casamento, descubra como superá-la!

Crise no casamento, descubra como superá-la!

Nem todas as crises são capazes de levar ao fim de um relacionamento. Quando os cônjuges querem seguir juntos, eles conseguem encontrar uma solução, mesmo em situações complicadas e que parecem intransponíveis. Por isso, devem superar a crise no casamento.

Nesse guia vamos mostrar de que forma é possível superar uma crise no casamento. Descubra os principais segredos para levar um relacionamento adiante, mesmo diante de adversidades e de complicações.

O que é a crise no casamento

A crise no casamento é caracterizada por um momento de dificuldade, que pode ser resultado de conflitos anteriores ou de situações novas e inesperadas. Dentro de um relacionamento, é normal que existam discussões e dificuldades.

No entanto, muitas vezes os problemas são tão fortes e evidentes que se transformam em uma crise. Esse é um momento de grande tensão para as partes, tendo em vista que o futuro do casamento é colocado em jogo.

Quando os cônjuges passam por uma crise no casamento, dois podem ser os resultados: ou resolvem a questão e procuram continuar juntos ou optam pela separação. Nesse segundo caso, cada um segue o seu caminho.

O que pode levar a uma crise no casamento

São vários os possíveis motivos para uma crise no casamento. Abaixo listamos alguns dos principais, que são mais comuns dentro de um relacionamento de curto, médio ou longo prazo.

Falta de desejo sexual

Um dos motivos que podem levar a uma crise no casamento é a falta de desejo sexual. Para muitos casais, o sexo é um dos elementos principais dentro da relação. Alguns consideram o sexo tão importante quanto o amor, para o sucesso de um casamento.

Nesse sentido, se o sexo deixa de estar presente, é possível que o casamento comece a apresentar os primeiros sinais de uma crise.

A falta de procura sexual por pequenos períodos é vista como normal e aceitável, tendo em vista que um dos cônjuges pode estar passando por um momento delicado, por fases de menor desejo. No entanto, a falta constante de atração é um grande problema.

Falta de comunicação

Outro fator que pode levar a uma crise no casamento é a falta de comunicação entre os cônjuges. A comunicação é um dos principais elementos de qualquer relacionamento, tendo em vista que as partes precisam se entender mutuamente.

Sem comunicação, as partes não conseguem chegar a um acordo. Além disso, a comunicação deficiente cria inúmeros problemas para a relação, como a falta de atenção e suporte, especialmente em momentos difíceis.

Por isso mesmo, para que um casamento possa sobreviver, é importante que os cônjuges compartilhem de forma aberta. A melhor maneira de solucionar desafios, incluindo a crise no casamento, é conversando a respeito.

Traição

Esse talvez seja o principal motivo para crises em um relacionamento, seja ele namoro, noivado ou casamento. Quando as pessoas estão juntas, em um regime de monogamia, espera-se que cada um seja fiel ao seu parceiro.

Isso significa não dar abertura para terceiros, que sejam alheios ao relacionamento. A monogamia, que é uma das bases para o casamento, impede os cônjuges de se relacionarem, física e emocionalmente, com outras pessoas.

Dessa forma, quando a confiança é quebrada, com a traição, o casamento entra em crise quase que de forma automática. Esse é considerado um dos maiores desafios em um casamento, podendo representar o seu fim.

Incompatibilidade de objetivos

Quando duas pessoas se casam, elas geralmente compartilham diversos objetivos e metas para o futuro. Nesse sentido, constroem planos que envolvem as duas partes, como fazer uma viagem, comprar uma casa ou até mesmo ter filhos.

Porém, pode acontecer de os objetivos e metas individuais mudarem com o passar do tempo. Assim, o casal se vê em uma difícil situação, em que os seus objetivos não são mais os mesmos e talvez sejam até mesmo incompatíveis.

Por exemplo, se uma das partes quer se mudar para outra cidade ou país, mas o seu cônjuge não tem essa ideia em mente. Caso a parte interessada insista em se mudar, poderá ter que fazer isso sozinho e se separar.

Violência familiar

Outra causa para a crise no casamento é a violência familiar. Quando um dos cônjuges se torna agressivo, a relação não deve continuar. Essa é uma das crises mais difíceis de se superar, tendo em vista que a violência não pode ser negligenciada.

Por mais que o agressor prometa e garanta que a violência não voltará a acontecer, a vítima não deve se calar. Afinal de contas, a mesma pessoa que dá um soco hoje pode acabar dando um disparo amanhã.

Crise no casamento: um guia para a superação

Superar uma crise no casamento não é fácil. Histórias de amor, pessoas felizes e relacionamentos aparentemente perfeitos estão por todos os lados. Então, quando há algo errado em nosso relacionamento, tendemos a nos sentir muito mal e nos preocupar.

No entanto, ter uma crise no casamento não é o fim do mundo. Os problemas no casamento podem ser uma excelente oportunidade para conhecer o que é importante para cada um dos cônjuges, renovar seu compromisso e melhorar seu relacionamento.

Como superar a crise no casamento em alguns passos

1. Lembre-se do motivo pelo qual você está com seu parceiro

Quando estamos no meio de uma crise no casamento, a maioria de nós se concentra apenas no que está dando errado e começa a pensar que tudo está terrível. No entanto, se estamos em um relacionamento há muito tempo, estamos lá por um motivo.

Vários estudos de psicologia revelam que nosso parceiro geralmente nos oferece três coisas: segurança, confiança e status. Dependendo da pessoa, uma dessas três coisas pode ser mais importante que outras.

Saber quais são as suas necessidades mais importantes pode te ajudar a descobrir como melhorar o seu relacionamento. Sabendo o que está faltando, as partes podem pensar maneiras de mudar a situação.

2. Não tenha medo de magoar os sentimentos do seu parceiro

Quando estamos apaixonados, evitamos fazer ou dizer algo que fará com que nosso parceiro se sinta mal. Normalmente mantemos nossas opiniões para nós mesmos e não expressamos nossos sentimentos, com medo de magoar o outro.

Embora não dizer o que pensamos no início possa evitar conflitos, isso te fará mais mal do que bem a longo prazo. O sacrifício constante das suas necessidades pode levar a uma grave crise do casamento.

A solução é aprender a afirmar suas necessidades sem culpar o parceiro. Se, por exemplo, você se sentir muito sozinha em razão das saídas frequentes do seu marido com os amigos, poderá conversar com ele a respeito, de forma tranquila.

3. Não se assuste se estiver atraído por alguém novo

Esta é provavelmente a maior causa de uma crise conjugal. Quando estamos em um relacionamento, sentimos que nosso amor é tão forte que não seremos mais atraídos por outras pessoas.

No entanto, a sexualidade humana é baseada, em grande parte, na variedade. Homens e mulheres são programados para se sentirem atraídos por outras pessoas  quando já estão em um relacionamento e a fase da paixão já acabou.

Por isso mesmo, se sentir atraído por outra pessoa, fora da relação, não deveria ser um grande problema. Esta é apenas uma reação corporal normal. O importante nesse tipo de situação não é a atração, mas o que você faz ou não faz a respeito.

Um relacionamento é baseado no compromisso entre duas pessoas. Mesmo se você se sente atraído por outra pessoa, deve pensar no  que lhe trará mais felicidade a longo prazo: seguir seus impulsos e desejos ou focar no seu casamento.

Outras causas para a crise no casamento

Acima falamos de alguns dos principais desafios enfrentados dentro de um casamento e de que forma eles podem ser solucionados. Mas a lista de situações e contextos é muito maior.

Abaixo listamos algumas causas que podem estar direta ou indiretamente relacionadas a crise no casamento.

Problemas financeiros

O estresse gerado por conflitos financeiros constitui um dos problemas entre pessoas casadas. De um modo geral, quando os casais se envolvem em conflitos sobre dinheiro, a situação pode se transformar em uma grande confusão.

Por exemplo, talvez exista conflito sobre como os recursos financeiros devem ser usados. Quando ambas as partes estão de acordo sobre o planejamento, tudo fica mais fácil. Mas na falta de acordo, as discussões aparecem.

Além disso, podem existir conflitos com relação a contribuição de cada um para o sustento da família. É normal que as partes contribuam de acordo com as suas possibilidades.

No entanto, um marido ou esposa que não busca emprego, nem maneiras de colaborar financeiramente, acaba criando um grande problema para a relação. Afinal de contas, é importante que os cônjuges se ajudem.

Problemas com crianças

A chegada dos filhos traz outra fonte potencial de problemas no casamento. As crianças são maravilhosas e podem trazer coisas maravilhosos e significativos para a vida do casal, mas nem tudo são flores.

Ter filhos pode trazer estresse adicional ao casamento porque o cuidado com os filhos exige mais responsabilidade e também uma mudança de papéis. Os cônjuges devem se reorganizar para uma nova rotina.

Por isso é normal encontrar casais passando por uma crise no casamento justamente quando os filhos nascem ou estão por nascer. Crises que podem se arrastar por um longo período, se não forem rapidamente solucionadas.

Estresse diário

Quando um parceiro passou por um dia estressante, é mais provável que fique impaciente ao chegar em casa, pode lidar com conflitos com menos habilidade e pode ter menos energia emocional para se dedicar ao relacionamento.

Quando os dois parceiros tiveram um dia difícil, essa situação piora muito. Assim como o estresse financeiro, o estresse diário geral pode testar a paciência e o otimismo, deixando os casais com menos disposição de se doar emocionalmente.

Agendas lotadas

A crise no casamento pode ser resultado de uma incompatibilidade de agenda. Os casais muito ocupados se sentem muito mais estressados no dia a dia. Sem falar que o trabalho em excesso pode gerar uma falta de comunicação e afeto diário.

Comunicação pobre

Talvez o maior culpado pelos problemas no casamento seja a falta de comunicação  ou comunicação negativa, que esconde atitudes e dinâmicas prejudiciais no relacionamento.

A comunicação negativa é aquela que não trata dos problemas, mas apenas os coloca debaixo do tapete. É uma comunicação que não se aprofunda, não lida com as dificuldades e finge que tudo está bem.

Crise no casamento: conclusão

Nesse guia falamos sobre a crise no casamento e suas principais causas. Geralmente as crises podem ser superadas, com bastante diálogo e vontade dos dois lados. Mas muitas vezes os problemas acabam perdurando por mais tempo e se tornam piores.

Quando isso acontece, uma das possíveis soluções é o divórcio. Superar uma crise no casamento é possível, mas só quando as partes conseguem imaginar um futuro melhor. Caso a realidade continue sempre a mesma, o término é um dos melhores caminhos.

Vale a pena evitar ao máximo a crise no casamento. Mas caso ela aconteça, vale a pena observar a sua vida, os seus objetivos, e decidir o que é melhor para você, para a sua felicidade e paz.

Deixe uma resposta